Hora certa:
 

Atualidades

Neurologista apresenta cinco dicas para lidar com as enxaquecas

 A enxaqueca é uma doença neurológica genética, mas existem diversos fatores que podem contribuir para a condição. Mudanças nos padrões do sono, nos níveis hormonais e até mesmo mudanças climáticas podem desencadear enxaquecas. Às vezes, basta comer uma determinada comida. A Dra. Amaal Starling, neurologista na Mayo Clinic, compartilha cinco mudanças de estilo de vida que podem ajudar a lidar com as enxaquecas:

Sono.
Exercícios físicos.
Alimentação saudável.
Evitar a desidratação.
Lidar com o estresse.

A Dra. Starling aconselha tentar evitar mudanças no padrão de sono, mesmo aos finais de semana. “Alguns de meus pacientes dirão: ‘eu tenho ataques de enxaqueca nos finais de semana quando não estou trabalhando.’ E, então, pergunto para eles: ‘bem, geralmente qual é o horário que você acorda? Qual é o horário que você vai dormir?’ E isso é nitidamente diferente do que acontece no final de semana, o que pode desencadear um ataque de enxaqueca”, afirma ela. “A consistência no padrão de sono é muito importante.”

A prática programada de exercícios físicos pode ser muito importante e isso pode aumentar a tolerância em relação à enxaqueca. “De acordo com os estudos, exercícios aeróbicos praticados três vezes por semana por cerca de 20 minutos funcionam tão bem quanto algumas de nossas prescrições médicas,” afirma a Dra. Starling.

Ela aconselha comer alimentos integrais saudáveis sem pular as refeições.“Evite alimentos processados, além dos picos e decaídas dos níveis de açúcar no sangue,” afirma a Dra. Starling. “Evite também pular refeições. Todas essas estratégias podem ser utilizadas para elevar essa tolerância.”

Também é importante garantir uma boa hidratação. “Isso é muito importante, especialmente durante os meses de inverno. Durante os meses de inverno, como faz mais frio, as pessoas não sentem tanta sede, e na verdade elas ficam mais desidratadas do que durante o verão”, afirma a Dra. Starling.

Lidar com o estresse também é fundamental. Isso pode ser feito por meio da prática de atenção plena e meditação. “Todos nós passamos por situações estressantes na vida”, diz a Dra. Starling. “De fato, isso tem a ver com a maneira como administramos e lidamos com o estresse.”

A Dra. Starling diz que fazer essas mudanças no estilo de vida pode ajudar a aumentar a tolerância em relação à enxaqueca para que as coisas fora de nosso controle, como o clima, não sejam fatores tão decisivos para o desencadeamento de um ataque de enxaqueca. “As pessoas ficam realmente empoderadas quando ouvem falar sobre as coisas que elas podem controlar versus as coisas que não podem controlar tanto,” ela diz.
 

Artigos

ver tudo

Banner Snifbrasil

Banner DPM


SnifDoctor é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifDoctor é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifdoctor.com.br. Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifDoctor, pelo e-mail dpm@dpm.srv.br

Seu IP: 34.239.147.7 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)