Hora certa:
 

Noticias

Envelhecimento do sistema imune – quais vacinas são importantes estar em dia?

Com o passar dos anos ocorre o declínio da função imunológica e, consequentemente, o aumento de infecções, doenças autoimunes e câncer. A Coordenadora do Departamento Científico de Imunizações da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), Dra. Cláudia Valente, conta que os idosos são mais susceptíveis à Influenza (gripe), infecções por pneumococos e herpes-zóster, que podem levar a hospitalizações e comprometimento da qualidade de vida.

O herpes zoster, chamada popularmente de cobreiro, é causado pelo vírus varicela zoster (VZV), o mesmo que causa a varicela (catapora). A catapora ocorre com maior frequência na infância e resulta da infecção primária pelo vírus.

Já o herpes-zóster é mais comum no idoso e tem origem na reativação do vírus em quem já teve catapora. Estima-se que as pessoas acima de 40 anos já tiveram contato com o vírus, estando em risco de desenvolver a doença Herpes -Zóster.

“Várias condições estão associadas ao aparecimento do herpes-zóster, como baixa imunidade e o câncer. Os idosos mostram uma diminuição da imunidade ao vírus, o que explica sua maior ocorrência após a quinta década. A vacina está indicada acima de 50 anos”, explica a especialista da ASBAI.

A vacina para herpes zoster pode evitar não só a doença em si, mas as suas possíveis complicações tais como:  

Infecção secundária por outras bactérias;
Nevralgia pós-herpética (NPH) – dor persistente por 4 a 6 semanas após a erupção cutânea;
Complicações oftálmicas graves.

Hepatites - As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. “Trata-se de uma infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. Na maioria das vezes, são infecções silenciosas, ou seja, não apresentam sintomas. Entretanto, quando presentes, elas podem se manifestar como: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras”, comenta Dra. Claudia.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são causadas pelos vírus A, B e C. O avanço da infecção compromete o fígado, sendo causa de fibrose avançada ou de cirrose, que podem levar ao desenvolvimento de câncer e à necessidade de transplante do órgão. São doenças infectocontagiosas preveníveis por vacinas e podem evitar o adoecimento com evolução de uma doença crônica e potencialmente letal.

“Devemos manter hábitos alimentares saudáveis, atividades físicas frequentes, hábitos de higiene pessoal e do ambiente, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo e manter a vacinação em dia, pois as vacinas são importantes para todas as idades, principalmente para as pessoas que estão na terceira idade, quando o sistema imunológico é mais susceptível a infecções”, alerta a Coordenadora de Imunizações da ASBAI.

 

UPpharma on-line: publicação dirigida a médicos, prescritores e profissionais da saúde


(11) 5533-5900 – uppharma@uppharma.com.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim UPpharma on-line é de responsabilidade de cada um dos autores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial, sem a expressa autorização da DPM Editora.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail uppharma@uppharma.com.br . Qualquer dúvida, ou dificuldade de navegação, poderá ser atendida pelo serviço de suporte UPpharma on-line pelo e-mail: uppharma@uppharma.com.br

Seu IP: 44.223.39.67 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)