Hora certa:
 

Noticias

96% dos casos de suicídio são relacionados a transtornos mentais

Em setembro de 2023, o Brasil mais uma vez se une a uma causa de extrema importância: a campanha "Setembro Amarelo". Iniciada há quase uma década, a campanha traz como lema a frase "Se precisar, peça ajuda". Com a cor amarela como símbolo, o mês de setembro se tornou um período dedicado à conscientização sobre a prevenção do suicídio e à promoção da saúde mental.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, em 2019, aproximadamente 700 mil pessoas tiraram suas próprias vidas, o que equivale a uma a cada 100 mortes registradas. Esses números alarmantes destacam a necessidade urgente de abordar questões relacionadas à saúde mental e ao suicídio.

Dr. Fábio Cantinelli, psiquiatra da Clínica Maia, reforçou a necessidade de se falar abertamente sobre o tema. Ele ressalta que, apesar dos esforços para valorizar a vida, a América é a única região do mundo em que a taxa de suicídio vem aumentando desde o ano 2000, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), ligada à OMS.

O médico também destaca que cerca de 96% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais, como depressão, ansiedade, transtorno bipolar, esquizofrenia e abuso de substâncias. Portanto, a detecção precoce e o tratamento adequado dessas condições são fundamentais na prevenção do suicídio.

Um dos principais objetivos da campanha "Setembro Amarelo" é reduzir o estigma em torno das questões de saúde mental, incentivando as pessoas a procurarem ajuda quando necessário. O lema "Se precisar, peça ajuda" destaca a importância de conversar sobre os sentimentos, pensamentos e emoções, seja com amigos, familiares, terapeutas ou profissionais de saúde mental.

O Dr. Fábio também compartilha alguns dos principais sintomas que caracterizam o quadro depressivo, uma das condições associadas ao suicídio:

• Humor depressivo: Sensação de tristeza profunda, autodesvalorização e sentimento de culpa.
• Retardo motor e falta de energia: Lentificação do pensamento, falta de concentração, queixas de falta de memória, de vontade e de iniciativa.
• Problemas de sono: Insônia ou sonolência excessiva.
• Alterações no apetite: Geralmente, ocorre uma diminuição do apetite, mas, em algumas formas de depressão, pode haver um aumento do interesse por carboidratos e doces.
• Redução do interesse sexual.
• Sintomas físicos difusos: Mal-estar, cansaço, queixas digestivas, dor no peito, taquicardia e sudorese.

A campanha "Setembro Amarelo" nos lembra que a saúde mental é uma parte essencial da nossa saúde geral e que todos nós, como sociedade, temos um papel a desempenhar na prevenção do suicídio. "É vital quebrar o estigma em torno das doenças mentais, promover a empatia e oferecer apoio a quem está passando por momentos difíceis. Se você ou alguém que você conhece estiver enfrentando desafios relacionados à saúde mental, lembre-se: "Se precisar, peça ajuda". A vida é preciosa, e juntos podemos fazer a diferença na prevenção do suicídio", conclui Dr. Fábio.

UPpharma on-line: publicação dirigida a médicos, prescritores e profissionais da saúde


(11) 5533-5900 – uppharma@uppharma.com.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim UPpharma on-line é de responsabilidade de cada um dos autores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial, sem a expressa autorização da DPM Editora.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail uppharma@uppharma.com.br . Qualquer dúvida, ou dificuldade de navegação, poderá ser atendida pelo serviço de suporte UPpharma on-line pelo e-mail: uppharma@uppharma.com.br

Seu IP: 44.223.39.67 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)