Hora certa:
 

Noticias

Dia Mundial da Psoríase: quais são os sintomas, tratamentos, prevenções e controles da doença?

O Dia Mundial da Psoríase é celebrado em 29 de outubro, data criada para conscientizar a população e em apoio as pessoas que passam pela doença de pele autoimune.

A psoríase é uma doença crônica e não contagiosa, sendo uma inflamação na pele, que ocasiona o aparecimento de manchas vermelhas, com escamas, que além de gerar muita coceira e dor, podem provocar queimação. Esta doença tem predisposição genética, mas pode aparecer também devido a estresse, problemas emocionais e por fatores ambientais, manifestando-se em pessoas com cerca de 20 e 40 anos, com reações que aparecem e desaparecem de tempos em tempos.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 3% da população mundial -125 milhões de pessoas em todo o mundo são acometidos pela psoríase. No Brasil, 1,3% da população fazem parte dos afetados, o que representa  cinco milhões de brasileiros. Para a médica reumatologista, diretora executiva do Grupo de Pesquisa e Avaliação de Psoríase e Artrite Psoriásica (GRAPPA) Cláudia Goldenstein Schainberg, a psoríase pode atingir os indivíduos de graus e formas diferentes. “Esta doença tem diversos níveis e formas, podendo afetar apenas uma pequena área do corpo, com uma simples mancha, como uma área maior, ocasionando mais incomodo e afetando a qualidade de vida da pessoa” explica a médica.

Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia a psoríase pode atingir as articulações com dores e inflamações, gerando uma artrite psoríasica, impactando entre 20% e 40% dos homens e mulheres que são acometidos por essa doença.

Sintomas:

Alguns sintomas da psoríase são pele irritada e rachada, manchas vermelhas, coceira, queimação e dor. Unhas amareladas e grossas. “As manchas ocasionadas por essa doença podem surgir por qualquer parte do corpo” relata a reumatologista Cláudia.

Tratamentos:

O tratamento da psoríase varia de acordo com cada caso. Para manter uma boa qualidade de vida do indivíduo é fundamental tratar esta doença com a hidratação da pele, aplicação de medicamentos nas lesões e exposição ao sol de forma moderada e conforme indicada pelo médico dermatologista ou reumatologista.

Prevenção e controle:

Identificar se a casos de psoríase em sua família pode ser uma forma de iniciar a prevenção da doença. Evitar o estresse, manter a pele hidratada, manter uma alimentação saudável, controlar o peso, evitar lesões na pele e nunca parar o tratamento prescrito pelo médico são formas de prevenir e controlar a doença.

A especialista alerta o agendamento de uma consulta com um dermatologista ou reumatologista antes da aplicação de qualquer tipo de medicamento.

 

 

UPpharma on-line: publicação dirigida a médicos, prescritores e profissionais da saúde


(11) 5533-5900 – uppharma@uppharma.com.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim UPpharma on-line é de responsabilidade de cada um dos autores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial, sem a expressa autorização da DPM Editora.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail uppharma@uppharma.com.br . Qualquer dúvida, ou dificuldade de navegação, poderá ser atendida pelo serviço de suporte UPpharma on-line pelo e-mail: uppharma@uppharma.com.br

Seu IP: 44.223.39.67 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)