Hora certa:
 

Noticias

Neurocirurgia para tremores ainda é pouco conhecida

No dia 14 de abril foi comemorado o dia do neurocirurgião, uma data importante, localizada no mês de Abril que também é considerado o mês do Parkinson. Ressaltamos, então, o papel desse profissional para o tratamento cirúrgico de condições neurológicas, como o Parkinson e o Tremor Essencial, ambos problemas que possuem tratamentos cada vez mais efetivos, mas que a maioria dos pacientes sequer conhece.

De acordo com o neurocirurgião com atuação em Parkinson e tremores, Dr. Bruno Burjaili, é nesta parte que entra o profissional, para orientar o paciente e lhe apresentar os tratamentos disponíveis em busca de melhores resultados.

“O neurocirurgião tem um papel fundamental para confirmar a indicação do procedimento, educar expectativas, explicar detalhes sobre o mesmo e acompanhar o paciente em toda a sua trajetória neste processo. Um procedimento bem indicado e bem realizado pode fazer uma grande diferença sobre a vida prática de quem luta contra problemas assim”, afirma.

Tratamentos para tremores pouco conhecidos

O tremor é um dos sintomas de problemas neurológicos mais conhecido e um dos que mais afeta a habilidade para tarefas cotidianas e a qualidade de vida do paciente. No entanto, atualmente, existem tratamentos que podem reduzir bastante esse problema, como explica o Dr. Bruno Burjaili.

“A Estimulação Cerebral Profunda, o ‘marca passo cerebral’, é uma das opções bastante válidas para aquele paciente que já está sendo tratada há algum tempo, mas não tem o controle suficiente sobre os seus sintomas. Tremores, rigidez e lentidão são exemplos de dificuldades que podem se atenuar intensamente com o procedimento, inclusive, em diversos casos, é possível que ocorra a redução do uso de medicamentos”.

“Outra opção mais recente, mas que já é feita no mundo há mais de dez anos, é o Ultrassom Focalizado de Alta Intensidade. Nesse caso, a doença em que ele está mais consolidado é o tremor essencial, mas também pode ser considerado em alguns casos para a doença de Parkinson”.

“Sempre insistimos na divulgação de procedimentos como esses, já que sabemos sobre a enorme quantidade de pessoas que sofrem com a doença de Parkinson, tremor essencial e distonia e não receberam nem mesmo a informação sobre a existência dessas possibilidades. Elas não serão aplicadas a todos, naturalmente, mas sabemos que as estatísticas demonstram que mais de 90% de quem poderia se beneficiar com eles não chega a recebê-los. Precisamos modificar este cenário”, afirma o Dr. Bruno Burjaili.

UPpharma on-line: publicação dirigida a médicos, prescritores e profissionais da saúde


(11) 5533-5900 – uppharma@uppharma.com.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim UPpharma on-line é de responsabilidade de cada um dos autores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial, sem a expressa autorização da DPM Editora.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail uppharma@uppharma.com.br . Qualquer dúvida, ou dificuldade de navegação, poderá ser atendida pelo serviço de suporte UPpharma on-line pelo e-mail: uppharma@uppharma.com.br

Seu IP: 44.210.83.132 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)